Primeiras subvenções BID atribuem cerca de um milhão de euros a 23 projetos africanos

Images 
One Tree Plain, CC BY-NC-SA 2015 Geoff Livingston.

One Tree Plain, CC BY-NC-SA 2015 Geoff Livingston.

read this article in English | lire cette information en français

O Secretariado do GBIF anunciou os 23 projetos da África Subsariana selecionados como os primeiros destinatários de fundos do programa Informação sobre Biodiversidade para o Desenvolvimento (BID) financiado pela UE.

As 3 subvenções regionais, 10 nacionais e 10 pequenas bolsas atribuem um total de 972.156 € de fundos a 34 organizações de 20 países africanos, que irão alavancar 817.369 € de co-financiamento a partir de outras fontes. Um painel internacional seleccionou-as após um processo multi-fase que inicialmente recebeu 143 propostas de 34 dos 48 países elegíveis.

Os projetos selecionados estendem-se não só por diversas geografias como também por muitas áreas temáticas. As colaborações propostas irão procurar criar a capacitação institucional, a mobilizar dados de espécies de Listas Vermelhas e grupos alvos de espécies, e digitalizar e partilhar dados de coleções de museus, parques e áreas protegidas. Outras propostas irão recolher dados de espécies de atividades focadas na saúde humana, segurança alimentar e redução de emissões pela desflorestação e degradação da floresta.

“É muito emocionante atingir esta primeira etapa do BID, em parte porque o programa está completamente alinhado com a abordagem do Secretariado do GBIF para mobilizar dados de biodiversidade”, disse Donald Hobern, secretário executivo do GBIF. “Estamos esperançados em ver aumentos significativos tanto na capacidade como no conteúdo como resultado destes projetos.”

O BID é um programa pluri-anual de 3,9 milhões de euros financiado pela União Europeia e liderado pelo GBIF, que tem por objetivo aumentar a quantidade de informação sobre biodiversidade disponível para o uso científico e elaboração de políticas nas nações ‘ACP’ da África Subsariana, das Caraíbas e do Pacífico.

O GBIF lançará o próximo convite à apresentação de propostas, dedicada às Caraíbas e ilhas do Pacífico, no final de 2016. Um convite final para a África Subsariana está planeado para 2017.

Distribuição regional dos países ACP representados nos projetos selecionados

  • África Ocidental: Benin, Costa do Marfim, Gana, Guiné, Mali, Niger, Senegal, Togo
  • África Central: Camarões, RD Congo, Gabão
  • África Oriental e Austral: Madagascar, Zimbabwe
  • Comunidade da África do Leste: Quénia, Ruanda, Tanzânia, Uganda
  • Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral: Angola, Botswana, Moçambique

Lista dos projetos selecionados (apenas em inglês)

Projetos regionais

Projetos nacionais

Pequenas bolsas


EU flag
Este programa é financiado pela União Europeia.